agosto 23, 2017

Iemanjá

Iemanjá – A Rainha do Mar 

A mãe dos filhos que são peixe.

“A rainha do mar, o Orixá feminino mais popular no Brasil, mãe dos filhos que são peixes e por isso alvo de devoção de pescadores, marujos e de todos aqueles que vivem do mar e para o mar.

Considerada a Mãe de todos os Orixás”.

  • Dia da semana:
Sábado.
  • Saudação:
Odoiá.
  • Sincretismo:
Nossa Senhora da Glória no Rio de Janeiro, Nossa Senhora dos Navegantes no Rio Grande do Sul e Bahia e Nossa senhora da Conceição em São Paulo.
  • Cor:
Azul claro.
  • Símbolos:
Um leque chamado abebé contendo uma sereia.
  • Onde recebe oferendas:
Nas praias.
  • Principais oferendas:
Rosas brancas, perfume de colônia.
  • Bebida:
Champanhe branco.
  • Elemento:
Água.
  • Algumas ervas:
Folha de alfazema, folha de colônia, pariparoba, rosa branca.
  • Animais:
Peixe de água salgada.
  • Comida:
Peixes do mar, arroz, milho, camarão com cocó, comidas brancas como canjica e manjar.
  • Domínios:
Oceanos.
  • Particularidade:
Trabalha igualmente com todos acolhendo-os, fortalecendo-os, trazendo esperança. Iemanjá “cria” a todos, desempenhando função de uma grande mãe.
  • Características:
Generosa, caridosa, acolhedora, serena, possessiva.

Textos extraídos do livro
“CARMA – AQUILO QUE DEIXAMOS DE FAZER”
Todos os direitos reservados – all rights reserved